Closeup of back of an obese elderly woman

Obesidade em idosos: riscos e cuidados

É fato que o excesso de peso pode trazer complicações para a saúde em qualquer etapa da vida. Contudo, a obesidade em idosos pode ser um agente agravante para uma diversidade de outras doenças, principalmente as vasculares e degenerativas.

Ela deve ser um fator de atenção para os profissionais de saúde, para que sejam conhecidos os riscos e informados os cuidados que possam ajudar a evitar o problema. Em pesquisa de 2019, o IBGE verificou que, no Brasil, a obesidade está em crescimento, com alta de 26%, em comparação com a última década, entre as pessoas com mais de 65 anos.

O cenário é preocupante, e o entendimento é que a obesidade entre os idosos vem se agravando devido aos seguintes fatores:

  • Alimentação de má qualidade, com açúcar, carboidrato e sódio em excesso.
  • Vida sedentária, por causa das dificuldades motoras ou desinteresse por atividades físicas.
  • Ritmo de vida mais lento, muitas vezes causado pela aposentadoria.

Contudo, a obesidade em idosos não está ligada apenas ao estilo de vida, mas também às condições naturais humanas, como diminuição na atividade hormonal e diminuição da massa muscular.

Riscos da obesidade em idosos

A obesidade é perigosa para os idosos por ser um fator que apresenta sérios riscos à saúde, podendo contribuir para o surgimento de outras doenças e o agravamento das existentes. Entre os riscos mais graves, podemos destacar:

→ Desequilíbrio causado pelo excesso de peso, que pode ser um fator causador de quedas em idosos.
→ Favorecimento do surgimento da hipertensão arterial, condição que está intimamente ligada ao infarto e ao acidente vascular cerebral.
→ Dificuldade para respirar enquanto dorme, causando a apneia do sono.
→ Dores nas articulações, inclusive como agravante da artrite.
→ Dificuldades para se locomover, aumento da fadiga e sensação de falta de ar.
→ Resistência à insulina, o que facilita o surgimento de diabetes.

Por causar e agravar as doenças e condições citadas, a obesidade em idosos deve ser monitorada por médicos, nutricionistas e especialistas da área de saúde, em vista de melhorar a condição de vida do paciente.

Cuidados para evitar a obesidade em idosos

Até aqui, compreendemos que razões naturais, causadas pelo envelhecimento, e o estilo de vida são os principais fatores causadores da obesidade em idosos. Porém, algumas medidas podem ser tomadas por quem quer evitar o sobrepeso na terceira idade.

Tais medidas envolvem, principalmente, três bases: a alimentação, a atividade física e o estilo de vida. Vejamos cada uma delas.

Alimentação

O importante é que a alimentação seja orientada por um nutricionista, sendo balanceada, tendo as suas quantidades controladas e, preferivelmente natural, evitando os preparos industrializados.

Atividade física

Essencial para evitar o sobrepeso e uma variedade de doenças, a atividade física permite um alto gasto calórico. Os exercícios também fortalecem os pulmões, o que é benéfico visto que a gordura é abundantemente eliminada pela respiração.

Opções de atividades físicas não faltam, podendo ser mais seguras aos idosos a hidroginástica, caminhadas, pilates etc., sempre sob supervisão médica e de um profissional de educação física.

Estilo de vida

A chegada da terceira idade traz mudanças no estilo de vida, levando a pessoa a ter uma rotina menos ativa. Se a saúde e a mobilidade permitirem, é importante que o idoso mantenha-se ativo, visitando amigos, familiares e cuidando de seus afazeres sempre que possível.

Já conhece as redes sociais da Viver? Visite nosso Instagram e Facebook

Também acreditamos que prevenir a obesidade passa pelos cuidados que são oferecidos pelos familiares e por seus cuidadores, que podem ser grandes incentivadores para que o idoso busque se alimentar melhor e se exercitar.

A obesidade em idosos pode até ser um problema grave, mas temos consciência que, dentro do possível, ela pode ser evitada por meio de hábitos saudáveis, permitindo à pessoa um processo de envelhecimento mais saudável e maior qualidade de vida.

Para saber mais sobre como zelar pela saúde dos idosos, visite sempre o nosso blog.

Tags: No tags

Leave A Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *