alzheimer

Alzheimer: saiba como melhorar a qualidade de vida

O Alzheimer é uma forma comum de demência, ainda sem cura, relacionada ao funcionamento incorreto do cérebro, causando problemas de memória e alterações comportamentais e de pensamento.

No Brasil, estima-se que em torno de 1,2 milhões de pessoas tenham a doença, com a maior parte dessas pessoas não recebendo o diagnóstico nem o tratamento correto.

Quando descobre que possui Alzheimer, a pessoa tem a sua vida inteiramente transformada. A doença tende a progredir conforme a pessoa vai envelhecendo, porém, felizmente, há diversos tratamentos que tratam os sintomas e permitem uma melhor qualidade de vida ao paciente.

 

Como cuidar de uma pessoa com Alzheimer

A pessoa portadora de Alzheimer precisa tomar diariamente os remédios receitados por seu médico. Além disso, atividades que busquem estimular o cérebro são fundamentais para o bem estar dela, assim como o acompanhamento de geriatra.

Essas pequenas atitudes podem diminuir a evolução da perda de memória. Assim, estar cercado por familiares e contar com o auxílio profissional é determinante para que os cuidados sejam efetivos.

Vamos abordar algumas atividades em que o auxílio se fará necessário para a pessoa idosa com Alzheimer.

 

Alzheimer: atividades para auxiliar os portadores

Medicamentos

alzheimer

Normalmente, o paciente com Alzheimer precisa de uso diário de medicamentos prescritos pelo médico. Como o esquecimento é um dos sintomas da doença, pode ser muito difícil que o doente tome os seus remédios sozinho.

Por isso, um cuidador atento para que a medicação seja administrada nos horários e dosagens corretas é o ideal. 

 

Estímulo das funções cerebrais

alzheimer

Como uma forma de treinar o cérebro, atividades que estimulem a memória, a linguagem e a atenção do paciente podem ser conduzidas pelo cuidador. Montar um jogo de quebra-cabeça ou ver fotografias de seus familiares e amigos são bons exercícios para a capacidade de raciocínio, recordação e, até mesmo, a fala.

 

Prática de atividades físicas

alzheimer

Já que o Alzheimer dificulta a capacidade de mobilidade do paciente, afetando a sua coordenação motora e equilíbrio, a prática de atividades físicas é capaz de trazer inúmeros benefícios como prevenção de quedas, diminuição das dores nas articulações, melhorias no funcionamento de diversos órgãos etc.

A atividade física, praticada sob orientação profissional, pode ser feita todos os dias por 30 minutos. Caminhadas e hidroginástica são excelentes, principalmente quando aliadas à fisioterapia.

 

Interação social

 

alzheimer

A solidão não é boa para o paciente com Alzheimer. Ela acelera a perda da capacidade cognitiva. O contato com familiares e amigos, passeios e presença em eventos sociais serão ótimas oportunidades de interação.

Sobre as interações, é importante frisar que a comunicação pode ser dificultada por causa dos obstáculos impostos pelo Alzheimer. Tenha muita paciência enquanto se comunica com o paciente. Mantenha o olhar fixo em seus olhos para que saiba que está falando com ele, fale tranquilamente, use gestos e ouça, mesmo que ele demonstre dificuldades de encontrar palavras ou repita as ideias.

Leia também: Você realmente sabe o que é Depressão?

 

Higiene

alzheimer

Com a evolução do Alzheimer, a pessoa necessita de auxílio para tomar banho, vestir-se e outros cuidados de higiene, já que ela pode se esquecer de como realizar essas atividades. O ideal é que o cuidador mostre como se faz e depois peça para que ela repita as ações. 

 

Segurança

alzheimer

Para que o paciente com Alzheimer esteja sempre seguro, é possível adotar algumas medidas como utilizar uma pulseira de identificação em seu pulso, caso se perca; manter portas e janelas fechadas; esconder objetos perigosos; e jamais permitir que ele saia sozinho pela rua.

A casa em que ele mora também deve passar por algumas adaptações para evitar o risco de quedas. Corrimãos de parede devem ser instalados em corredores e devem ser colocados apoios próximo ao vaso sanitário. Objetos como móveis baixos, cabos soltos ou tapetes que obstruem o caminho devem ser retirados.

 

Alimentação

alzheimer

A alimentação é um dos tópicos em que o portador de Alzheimer mais precisa de ajuda, pois ele pode perder a capacidade de cozinhar com o passar do tempo. É comum, por exemplo, esquecer a panela no fogo e deixar queimar a comida.

Surgem também outras duas dificuldades: a de segurar talheres e a de engolir. Orientamos que os cuidadores ofereçam uma alimentação que seja do agrado da pessoa e que esteja de acordo com o que foi dito pelo nutricionista. 

Essas atitudes são capazes de aumentar a qualidade de vida de uma pessoa com Alzheimer. Faça sempre tudo com muito cuidado, carinho e auxílio profissional, que a melhora será notória no cotidiano do seu ente querido.

 

Entre em contato com a Viver e tire todas as suas dúvidas!

(61) 3248-7943 | (61) 99284-9708

Tags: No tags

One Response

Leave A Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *